Ria de Alvor

Entre Portimão e Lagos a ria de Alvor forma um amplo e complexo sistema estuarino, para o qual drenam as ribeiras de Odeáxere e Arão a poente, e as ribeiras do Farelo e Torre a nascente, com origem nas Serras de Monchique e Espinhaço de Cão. A zona lagunar encontra-se separada e protegida do mar por duas línguas de areia, a Praia de Alvor a nascente e a Meia-Praia a poente, rodeando dois promontórios, a Quinta da Rocha e a Abicada. No Verão o abelharuco e as diferentes andorinhas mostram sua beleza e agilidade. A diversidade de habitats numa área relativamente pequena – cerca de 1700 hectares – proporcionam a observação de uma grande diversidade de aves típicas de estuários e sapais, aves marinhas e aves associadas a campos agrícolas.